Queda de cabelo em Crianças, o que causa e como tratar?

Queda de cabelo em crianças, o que causa, como evitar e tratar?

Vamos abordar esse assunto que tanto deixa as mães desesperadas, vou contar tudinho para vocês, o assunto aqui é para auxiliar e acalmar esses corações sedentos por informações, vou abordar dos mais simples até os mais graves,

mas devo avisar, que nada substitui uma visita ao pediatra ou dermatologista da criança, eles poderão dar um diagnostico e tratamentos precisos para cada caso, ok?

O que devo saber antes?

Antes de qualquer coisa você deve ter mente, que é normal uma certa quantidade de cabelo cair, para ser mais exata, caem cerca de 100 fios por dia, isso é fisiológico. Os fios passam por um ciclo capilar que tem três fases: Crescimento, Repouso e Queda. Esse ciclo se repete ao longo de toda a nossa vida, sendo que há fases da nossa vida como a fase bebê, pós parto e quando a idade está avançada, que os fios caem bem mais, não sendo uma desordem fisiológica, mas por fatores hormonais.


Causas comuns

Recém Nascidos: Do 2° ao 6° mês o cabelo ou penugem podem cair. Nos recém nascidos os folículos capilares(na raiz) entram no período de repouso, a queda vem gradualmente e acontece devido a alta concentração dos hormônios sexuais que o feto recebe da mãe. Após o parto esse nível cai drasticamente, os cabelos do bebê e da mãe caem juntos. E também por ficarem muito tempo deitados, suando e esfregando a cabecinha (que fica sob pressão e sem ventilação), os fios tendem a cair mais, dos lado e na parte da nuca.

Tração: Prender muito apertado, puxar, pentear de maneira muito forte ou uso de bonés e chapéus constantes também causam queda. Evite fazer penteados e tranças que puxem demais os fios, ou manter presos todos os dias o dia inteiro, tire um turno do dia para deixar os cabelos soltos e livres.

Transição alimentar: a amamentação é super completa, rica e na dose certa, a fase de transição entre amamentação para comidas solidas, faz com que o bebê não receba os nutrientes de maneira tão precisas, e faltando algum nutriente importante a longo prazo pode causar leves quedas e falhas no cabelo, é sempre bom fazer exames de rotina. Pode acontecer com Crianças maiores de 2 anos também começam a eleger seus alimentos preferidos, muitos deles não são tão nutritivos como deveriam, isso causa uma deficiência de vitaminas importantes.

Produtos inadequados: bebês e crianças devem usar produtos de acordo a sua faixa etária. Bebês até 3 anos devem usar produtos Baby, para Bebê ou Neném, e Crianças dos 3 anos em diante, devem usar produtos para Crianças, Infantis ou Kids, esses produtos tem que conter ingredientes suaves, porcentagens adequadas de cada componente, pH neutro, e substancias que seja hipoalergênicas, isso tudo, para respeitar o pH do couro cabeludo, olhos e pele evitando assim alergias, doenças e quedas de cabelo.

Queda Transitória: há uma leve aceleração do crescimento capilar no Verão, devido essa aceleração entre a Primavera e Outono pode ocorrer uma queda, é transitória e não muito significativa.

Seborreicas: escamação, coceira, eritema, muito conhecida como dermatite seborreica do couro cabeludo, e é um distúrbio muito comum, não causa uma queda muito grande, mas é bom tratar.

Bioquímica: crianças alérgicas ao glúten do trigo, lactose ou caseína do leite de vaca, podem apresentar um pouco de queda capilar.


Causas mais severas

Estresse: as crianças podem não ter as mesmas preocupações que temos, mas elas tem medos e receios que acarretam estresse, pode parecer que não, mas até o ambiente e as relações adultas podem afetar o bebê ou a criança. Exemplos:

  • Se os pais estiverem muito preocupados e aborrecidos com algo externo
  • Separação dos pais, separação dos avós(deixar de conviver).
  • Morte de ente querido.
  • Mudanças repentinas de casa, classe, professora, babá.
  • Ficar trancada em apartamentos e casa muito tempo, sem lazer ao ar livre.
  • Se há muitas brigas, gritos, som alto, tiros e violência, muitas reclamações.

Todos estes podem causar estresse e por causa dele a queda capilar. Procurem sempre ficar atentos ao estresse infantil, e tente filtrar suas emoções para não afetar a criança.

Alopecia areata: conhecida como peladeira, essa queda tem o formato oval, alguns já tem no histórico familiar casos da alopecia areata, está ligada a condição psicológicas do paciente, a alta carga de estresse no dia a dia também influenciam, é uma condição auto imune, onde por engano o sistema imunológico ataca o tecido sadio que forma o pelo.

Tricotilomania: mania de puxar os fios, arrancar compulsivamente, é causado por sentimentos negativos, estresse, transtornos como depressão, ansiedade, T.O.C. e histórico familiar, muito comum na puberdade.

Queda Secundaria: aparece apos doenças, infecções, dengue, distúrbios dos órgãos internos, tratamentos e medicamentos como quimioterapias.

Eflúvio telógeno: os folículos pilosos param de crescer prematuramente e entram na fase de repouso, condições como febre alta demais, cirurgia com anestesia geral, lesões graves, morte de ente querido e certos medicamentos podem ser as causas.

Deficiência Nutricional: falta das vitaminas como a biotina(H) do complexo B, o Zinco ou o excesso de vitamina A podem também causar quedas capilares. É importante fazer exames laboratoriais regularmente.

Fungos: As crianças e bebês estão expostos a muitas bactérias, existe alguns tipos de fungos, e maneiras de contagio que vou citar abaixo:

Umidade:

Dormir com o couro cabeludo molhado, ou ficar com os cabelos e couro sempre úmidos, causa fungos. O prazo para o couro cabeludo secar completamente é de até 48 horas. Evite lavar os cabelos todos os dias, se precisa, lave bem cedo, para dar tempo de enxugar, ou use o secador no minimo.

Animais, areia e terra:

O costume de brincar com terra, areia, pets e felinos de rua ou que não foram tratados por veterinários, podem causar fungos como a Tonsurante, que provoca lesões e produz a queda, no estado mais graves a Favosa essa queda pode ser irreversível, não deixar as crianças brincarem com animais de rua, e manter bons hábitos de higiene evitam estes fungos.

Por contato:

Tinea Capitis é escamoso oval com pontos pretos, contagioso, deve se evitar compartilhar objetos e acessórios que tocam a cabeça.


Antes de falar dos tratamentos.

Está gostando das dicas? quer saber mais sobre produtos e formas de tratar os cabelos dos pequenos? Toda semana libero conteúdo novo, e grátis, no nosso canal é só clicar aqui e se inscrever e você ficará por dentro de todas as novidades.


Como tratar

Primeiro verifique todos os sintomas, analise com calma o que realmente está causando a queda, examine todo couro cabeludo, anote tudo que puder, nessas horas o desespero não é um bom conselheiro, procurar conselhos com pessoas que também não são medicas, pode te deixar confusa. Certifique-se se houve alguma mudança de comportamento da criança:

  • se sofreu algum trauma ou separação?
  • se anda triste? perdeu um ente querido?
  • mudanças no comportamento?
  • se está se alimentando bem?
  • se cai mais de 100 fios por dia?
  • a perda é significativa?
  • nota-se em alguns pontos uma certa calvice?

Se perceber que os motivos da queda são simples, e a perda não foi algo fora do comum, então ok! fale com o pediatra na próxima consulta. Mas se perceber que há uma grande perda, e a criança está sendo afetada de alguma forma, procure o dermatologista o mais rápido possível, é o melhor a se fazer, acredite!

Tratamentos:

Lembre -se que a maiorias dos causas citadas acima são parecidas e tem cura, os tratamentos são simples, com loções, shampoos, e medicações apropriadas para cada caso. Dependendo do diagnostico, alguns médicos permitem também tratamentos com óleos 100% vegetais específicos, Vinagre de maçã, e ajustes na alimentação, mas nada de sair usando por conta própria, hein?

Cuidado!

Sei que queremos resolver logo, mas de nada vai adiantar ficar na internet buscando tratamentos caseiros, produtos, medicações e simpatias, sem ter um respaldo medico, isso não vai ajudar e podem até agravar a situação, não entre em panico, tudo ficará bem.


No que eu puder ajudar estarei aqui depois da sua consulta. beijos Abaixo um vídeo que explico sobre queda:


Obs: Este blog é feito com muito carinho e trabalho, se precisar de algum trecho mencione o nome do blog. As Imagens aqui colocadas são de arquivo pessoal ou da internet caso haja direitos autorais, por favor me procure. Crianças peçam ajuda aos pais e/ou responsáveis.Obrigada por estar aqui e leiam os nossos outros posts.

Deixe uma resposta